segunda-feira, 30 de julho de 2018

PLANO DE AULA 5º ANO RELEVOS DO BRASIL


PLANO DE AULA 5º ANO


RELEVOS DO BRASIL

Área do Conhecimento: Ciências da Natureza, Interpretação textual, Matemática

Conteúdos: Relevo do Brasil, Interpretar textos e resolver situações problemas

Objetivos:
Conhecer os tipos de relevos existentes;
Desenvolver leitura e interpretação de textos e imagens sobre a temática central da aula;
Resolver situações problema, envolvendo as 4 operações, porcentagem e fração

Desenvolvimento:





Atividades 
Com base nas explicações e nos textos lidos, responda:

- Quais são as formas de relevo existentes?

- Qual delas chamou mais a sua atenção?

- Qual delas você estão mais acostumados a ver?

- Na região em que moramos qual dos tipos de relevo é mais comum?

- Como as montanhas são formadas?

- E as depressões como são formadas?

- Os planaltos são formados de que maneira?

- E as planícies?

- Vimos que relevo são irregularidades, e onde pode haver essas irregularidades? Somente na superfície terrestre?

- Os relevos podem ser alterados? Se sim, como?

Ilustre em seu caderno com desenhos:

Com o objetivo de finalizar as aulas sobre os tipos de relevo, sugerimos que o professor proponha aos alunos a confecção de cartazes que abordem a temática trabalhada na aula – tipos de relevo do Brasil e do Mundo. Para isso, sugerimos que os alunos estejam organizados em quatro grupos, de modo que cada grupo confeccione um cartaz sobre os principais tipos de relevo elencados abaixo:   

- Planaltos,

- Planícies,

- Depressão,

- Montanhas.   

Os cartazes deverão ter imagens do tipo de relevo apresentado, bem como informações sobre ele. Segue abaixo, um modelo de estrutura de cartaz:   

Roteiro do cartaz:

- Nome do tipo de relevo;

- Como se dá a formação desse tipo de relevo;

- Lugares no Brasil e no mundo que podem ser encontrados.  

Achei no jornet.aejms


MAQUETE

Achei no taylorize


Montanhas
As montanhas são formações geográficas originadas do choque (encontro) entre placas tectônicas. Quando ocorre este choque na crosta terrestre, o solo das regiões que sofrem o impacto acaba se elevando na superfície, formando assim as montanhas. Estas são conhecidas como montanhas de dobramentos. Grande parte deste tipo de montanhas formou-se na era geológica do Terciário. Existem também, embora menos comum, as montanhas formadas por vulcões.
As altitudes das montanhas são superiores as das regiões vizinhas. Quando ocorre um conjunto de montanhas, chamamos de cordilheira.
Exemplos: Aconcágua (Argentina), Pico da Neblina (Brasil), Logan (Canadá), Kilimanjaro (Tanzânia), Monte Everest (Nepal, China), Monte K2 (Paquistão, China), Monte Blanco (França, Itália).

1) Vamos construir um gráfico de pirâmide representando altura dos picos. Observe os dados abaixo:
Pico
Altura
Pico da Neblina
3014 metros
Pico da Bandeira
2890 metros
Pico 31 de março
2992 metros
(**valores aproximados)

2) Calculando:

a) Calcule a diferença de altitude entre os picos da Neblina e o Pico da Bandeira.

b) Agora calcule a diferença de altitude entre o Pico da Neblina e o Pico 31 de Março.

c) Aqui calculará a diferença de altitude entre os Picos da Bandeira e 31 de Março.

3) Somando a altitude dos três picos juntos obteremos qual total? Estamos nos referindo a qual medida no caso?

4) Supondo que um alpinista percorresse 25% da altitude do Pico da Bandeira, mas parou, pois não aguentou o cansaço.  Quantos metros ele escalou?

5) Se um escalador conseguisse percorrer 50 % do Pico 31 de Março e parasse, mas depois retomasse a subida completando-a. A quantos metros ele estava quando parou para descansar? E qual era a porcentagem que ainda faltava para ele chegar ao topo do pico?

6) Para chegar ao topo do Pico da Neblina um alpinista levou 2 dias e ¼ do terceiro dia. Quanto tempo em horas ele gastou realizando o percurso todo?

7) Calcule o sêxtuplo, o sétuplo, o óctuplo e o nônuplo das medidas de altitude dos picos apresentados no quadro do exercício número 1.

8) Trace uma reta representando a latitude dos três picos de acordo com os dados do quadro do exercício número 1.

9) Coloque os dados sobre a altitude dos picos em ordem crescente e decrescente.

10) Calcule ½ da altitude do Pico da Neblina, represente com um desenho e depois em metros.

11) No problema número 4 diz que foram percorridos 25% da altitude. E no problema número 5 foram percorridos 50% da altitude. Represente estes dados usando uma fração

a) 25%  =   ¼                                               b) 50%   =  ½ 



Baseado no plano de aula Relevos Portal do Professor

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...