Mostrando postagens com marcador Folclore. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Folclore. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de julho de 2018

PLANO DE AULA folclore brasileiro 4º e 5º Ano

PLANO DE AULA - FOLCLORE PARA 4º E 5º ANO

ÁREA DO CONHECIMENTO: Língua portuguesa, Matemática, Artes

CONTEÚDOS:
* Interpretação textual
* Situações problemas com as quatro operações
* Reprodução de obra de arte
* Realizar pesquisa sobre folclore brasileiro

OBJETIVOS
* Fazer com que os alunos compreendam a importância do folclore para a nossa identidade cultural;
* Apresentá-los aos personagens que fazem parte do folclore nacional;
* Mostrar outros componentes do folclore, como danças, comidas típicas, brincadeiras, adivinhações, parlendas, trava-línguas etc;
*  Resolver situações problemas com as quatro operações

DESENVOLVIMENTO

Iniciar a aula com a leitura dos textos abaixo:



Realizar coma turma pesquisas sobre o folclore brasileiro e confeccionar um painel




Feito pelos alunos do 5º Ano Escola  Municipal Professora Etelvina
em Telêmaco Borba - PR



 

Arte feita a obra de Luciano Martins - Futebol

LÍNGUA PORTUGUESA

A Lenda do Saci-Pererê

O Saci-Pererê é um dos personagens mais conhecidos do folclore brasileiro. Possuí até um dia em sua homenagem: 31 de outubro. Provavelmente, surgiu entre povos indígenas da região Sul do Brasil, ainda durante o período colonial (possivelmente no final do século XVIII). Nesta época, era representado por um menino indígena de cor morena e com um rabo, que vivia aprontando travessuras na floresta.
Porém, ao migrar para o norte do país, o mito e o personagem sofreram modificações ao receberem influências da cultura africana. O Saci transformou-se num jovem negro com apenas uma perna, pois, de acordo com o mito, havia perdido a outra numa luta de capoeira. Passou a ser representado usando um gorro vermelho e um cachimbo, típico da cultura africana. Até os dias atuais ele é representado desta forma.   
O comportamento é a marca registrada deste personagem folclórico. Muito divertido e brincalhão, o saci passa todo tempo aprontando travessuras nas matas e nas casas. Assusta viajantes, esconde objetos domésticos, emite ruídos, assusta cavalos e bois no pasto etc. Apesar das brincadeiras, não pratica atitudes com o objetivo de prejudicar alguém ou fazer o mal. 
Diz o mito que ele se desloca rapidamente dentro de redemoinhos de vento, e para captura-lo é necessário jogar uma peneira ou um rosário bento sobre ele. Após o feito, deve-se tirar o gorro (carapuça) e prender o saci dentro de uma garrafa. Somente desta forma ele irá obedecer seu “proprietário”. Este terá o direito de fazer um pedido ao Saci, que deverá realizá-lo.
Mas, de acordo com o mito, o saci não é voltado apenas para brincadeiras. Ele é um importante conhecedor das ervas da floresta, da fabricação de chás e medicamentos feitos com plantas. Ele controla e guarda os segredos e todos estes conhecimentos. Aqueles que penetram nas florestas em busca destas ervas, devem, de acordo com a lenda, pedir sua autorização. Caso contrário, se transformará em mais uma vítima de suas travessuras.   
Entre as travessuras preferidas do Saci, podemos citar: esconder brinquedos de crianças, dar nó em crina de cavalos, bagunçar as roupas de cama, derramar sal e açúcar na cozinha, apagar o fogo de fogões à lenha e assustar as pessoas com um forte e estranho assobio.
A crença neste personagem ainda é muito forte na região interior do Brasil. Em volta das fogueiras, os mais velhos contam suas experiências com o saci aos mais novos. Através da cultura oral, o mito vai se perpetuando. Porém, o personagem chegou aos grandes centros urbanos através da literatura, da televisão e das histórias em quadrinhos. 
Achei aqui

Interpretação de texto

1)    Qual é a origem da lenda do Saci?

2)    Qual foi a influencia africana na imagem do Saci? Explique.

3)    Descreva o comportamento do Saci.

4)    Cite as travessuras do Saci.

5)    De que maneira o Saci se locomove?

6)    O que fazer para que o Saci obedeça a seu proprietário?

7)    Como o mito do saci ficou conhecido nos grandes centros urbanos?

8)    Qual é a marca registrada do saci ?

9)    Qual é o dia do saci?



10)  Marque as alternativas abaixo com verdadeiro (V) ou falso (F).

(  ) O Saci ficou com uma perna só porque foi maltratado pelo seu patrão

(  ) O Saci é um grande conhecedor de ervas medicinais

( ) O Saci é um personagem que provavelmente surgiu com os índios, mas depois sofreu influência da cultura africana

(  ) Uma das travessuras do Saci é assustar crianças desobedientes

Achei aqui



MATEMÁTICA FOLCLORE - SITUAÇÕES PROBLEMAS

"Corre cutia, na casa da tia.
Corre cipó, na casa da avó.
Lencinho na mão, caiu no chão.
Moça bonita, do meu coração ...
Um, dois, três!"
A distancia da casa da cutia até a casa da tia é de 360Km, ela correu 155Km, quanto ainda falta para correr?
Raciocínio
Cálculo






Resposta:

"Dedo mindinho,
Seu vizinho,
Pai de todos,
Fura bolo,
Mata piolho."
Um pessoa tem 10 dedos nas mãos e 10 dedos nos pés, quantos dedos tem 15 pessoas?
Raciocínio
Cálculo






Resposta:

"Batatinha quando nasce
se esparrama pelo chão.
Menininha quando dorme
põe a mão no coração."
Na época da colheita, uma fazenda colheu 180K de batatinha na primeira semana, 199 na segunda e 287 na terceira semana. Quantos quilos de batatinha foram colhidos nas  três semanas?
Raciocínio
Cálculo






Resposta:

"Chuva e sol, casamento
de espanhol.
Sol e chuva, casamento
de viúva."
No período de 6 meses choveu no Paraná 1440mm. Qual a média para cada mês?
Raciocínio
Cálculo






Resposta:


FOLCLORE COM ARTES

Dobradura
Ampliar desenho com malha quadriculada


Atividades extras de interpretação de texto:

domingo, 3 de abril de 2016

Sítio do Picapau Amarelo na Educação Infantil

{Oi geeente!}
Hoje trouxe muitas ideias para trabalhar com o Projeto :
Sítio do Picapau Amarelo de Monteiro Lobato
Usando materiais diversos como palito de picolé, caixa de leite, meias, garrafa pet, saco de papel, pratos de papel entre outros!!! Confira tudinho:

Fantoche da Emília com caixa de leite:

Achei aqui Marcela

Emília com o carimbo das mãos 
Achei aqui Tia Jaque
Achei aqui

Emília com prato de papel e recortes de papel:

Emília com garrafa pet
Achei aqui

Emília com dobradura
Achei aqui Prof Gonçalves

Visconde de Sabugosa com espiga de milho 
Achei aqui


Revista Guia Prático

Visconde de Sabugosa com o carimbo das mãos 
Achei aqui Cristina Souza

Rabicó com embalagem de iogurte: 

Achei aqui Educa Arteira

Emília e Visconde de Sabugosa com papel colorido, se você fizer com saco colorido, poderá se tornar fantoches:

Achei aqui Educa Arteira

Turma do Sítio com pratos de papel:
Achei aqui Santa Isabel

Emília e Visconde de Sabugosa com palito de picolé: 
Achei aqui Fernanda

Emília e Visconde de Sabugosa com rolinho de papel: 
Achei aqui Taciana

Jacirinha


Saci Pererê feito com prato de papel 
Achei aqui Arte Bugiganga


Aproveite para ler com os pequenos o Livro: 


Achei aqui

Achei aqui ensinando com Carinho

Iara com o carimbo das mãos 

Cuca com caixa de leite e garrafa pet 
Revista Professor Sassá

Fantoches da Turma do Sítio feito com meias, lã e retalhos de feltro: 

Turma do Sitio do Picapau Amarelo feito com rolinho de papel
Saci Pererê 
Visconde de Sabugosa 
Tia Anastácia 
Emília 
Vovó Dona Benta 
Narizinho 
Pedrinho 
Visconde de Sabugosa 
Revista Professor Sassá

Imagens para fazer Banco de palavras com os pequenos:









Fonte: Turma do Sítio

Na cozinha da Tia Nastácia




Da cozinha da Tia Nastácia saem deliciosos quitutes. Inspire-se nessa personagem e prepare bolinhos de chuva com seus alunos. Veja receita abaixo

Bolinhos de chuva

Ingredientes:

★ 1 xícara de farinha de trigo
★ 1 xícara de amido de milho
★ 1/2 xícara de leite
★ 2 ovos
★ 4 colheres de açúcar
★1 colher de sopa de fermento em pó
★ Canela em pó

Como fazer:

★ Bata o açúcar com os ovos e junte os demais ingredientes, misturando bem
★ Em uma panela esquente o óleo e frite os bolinhos às colheradas em fogo baixo.
★ Depois de fritos, passe no açúcar com canela.

Créditos: Revista Guia Prático Infantil


Link Within